Reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos

O reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos. Com a mudança é preciso ter conhecimento a respeito do assunto. Quer saber sobre reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos? Acompanhe a seguir!

Reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos

Reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos

Bolsa Família                   

O programa Bolsa Família já atende mais de 13,9 milhões de famílias e apoia as famílias na alimentação e acesso a educação e saúde.

O objetivo principal do programa é garantir renda para famílias em casos de pobreza e de extrema pobreza em todo o País.

Ao combater a vulnerabilidade é possível garantir a segurança alimentar e nutricional. Com isto diversas famílias suportam a pobreza e privatização.

 Bolsa Família foi cancelado para mais de 392 mil beneficiados

O ideal é oferecer serviços públicos, saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.


Quem tem direito ao Bolsa Família?

O reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos proporciona a melhora destas comunidades. Portanto, para saber se você pode ter o benefício, veja as exigências abaixo:

  • Para as famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa.
  • Para as famílias com renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00 por pessoa.
  • Para as famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestante e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

* O benefício somente é concedido graças ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.


Formas de benefícios Bolsa Família

O reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos. Ou seja, diversas famílias foram beneficiadas com:

Benefício Básico:

  • Concedido às famílias em situação de extrema pobreza (com renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa).

Mudanças nas regras do ENEM isenção prejudica estudantes baixa renda

Benefício Variável:

  • Para famílias pobres e extremamente pobres, com gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 16 anos incompletos.

Benefício Variável de 0 a 15 anos:

  • Destinado a famílias que tenham em sua composição, crianças e adolescentes de zero a 15 anos de idade. O valor do benefício é de R$ 39,00.

Benefício Variável à Gestante:

  • Destinado às famílias que tenham em sua composição gestante. O valor do benefício é de R$ 39,00.

Benefício Variável Nutriz:

  • Destinado às famílias que tenham em sua composição crianças com idade entre 0 e 6 meses. O valor do benefício é de R$ 39,00.

Benefício Variável Jovem:

  • Destinado às famílias que se encontrem em situação de pobreza ou extrema pobreza (adolescentes entre 16 e 17 anos). O valor do benefício é de R$ 46,00 e a família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 92,00.

Benefício para Superação da Extrema Pobreza:

  • Destinado às famílias que se encontrem em situação de extrema pobreza. O valor do benefício varia em razão do cálculo realizado a partir da renda.

Reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos

O reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos. Com isto o governo permitiu o aumento de 5,67%, que chega a R$ 10 no valor do benefício médio, que passará de R$ 177,71 para R$ 187,79.

O aumento cobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de julho de 2016 a março de 2018 (4,01%).

Hoje o programa transfere recursos a 13,7 milhões de famílias em todos os municípios do Brasil.

Em nota este reajuste de 5,67% vai ser apresentado a partir de julho e chega à quantia final de R$ 187,79. Sendo assim o valor do Bolsa Família 2019 será maior do que o ano anterior!


Calendário Bolsa Família

O reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos. Com a mudança é preciso ficar em alerta em relação às datas de pagamentos.

Como sabemos o dia é definido de acordo com o último número do seu NIS. O ideal é consultar o cartão e verificar o calendário Bolsa Família, como abaixo.

*Caso ela seja atualizada vamos inserir no artigo!


Cadastro Bolsa Família

Com o reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos. No entanto, para outros teve mudanças, portanto, para verificar veja abaixo como se cadastrar para garantir:

  • O primeiro passo para participar do Bolsa Família é se inscrever no Cadastro Único, entre aqui;
  • Após deve procurar o setor responsável pelo Cadastro Único ou pelo Bolsa Família na cidade em que mora;
  • Depois é feita a seleção pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, conforme dados das prefeituras no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal;
  • Caso sua família esteja entre as selecionadas você recebe a ajuda.

Contato Bolsa Família

Se ficar alguma dúvida sobre reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos, não tem problema. Abaixo segue telefone para contato:

  • Telefone: 0800 707 2003.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Reajuste do Bolsa Família teve aumento de R$ 177 em alguns casos